• Quinta do Condestável

Esgotamento profissional? Vamos conversar!

Em 2018, um estudo revelou que 3 em cada 10 portugueses estariam em risco de burnout.

Em 2019, a Organização Mundial de Saúde inclui o burnout nas listas de doenças.

Este ano, o observador.pt apresentou-nos novos dados que nos informam que "40% dos trabalhadores (...) sofrem de burnout" e que isto se origina pelos "recursos humanos a menos e trabalho a mais".


Mas o que é isso afinal?

O burnout, também conhecido como esgotamento profissional ou stress profissional, é um "estado de esgotamento físico e mental causado pelo exercício de uma atividade profissional".

Este apresenta como causa principal o excesso de trabalho, provocando, por exemplo, cansaço, stress e esgotamento físico.

Face à evolução e às transformações sociodemográficas e políticas dos últimos anos, as organizações sentiram necessidade de transformar os seus modelos de gestão em modelos mais eficientes e adequados às reais necessidades dos mercados.

O potencial humano passa a ser considerado um dos principais recursos da organização, sendo os colaboradores considerados como um pilar fundamental para que a organização atinja o sucesso. Assim, é necessário atender e satisfazer as suas necessidades, afigurando-se necessária a sua motivação através do marketing direcionado para o seio da empresa, o marketing interno (MI), devendo este preceder a qualquer processo de marketing externo.

O MI surge como um meio para alcançar os objetivos das organizações através da motivação dos colaboradores, pois este ajuda na conquista e manutenção do cliente interno.

Apesar de ainda nem todas as empresas adotarem este conceito, diversos estudos demonstraram a relação do MI com a satisfação, a motivação e a retenção dos colaboradores.

Contudo, estudos relativos ao MI no âmbito das organizações de saúde são ainda escassos, nomeadamente, no caso português, quando falamos da influência do MI na área da motivação no trabalho.

Neste sentido, seria interessante para uma futura investigação verificar se a existência de práticas de MI influencia a motivação dos colaboradores e, ainda, se estas práticas, bem como a motivação, divergem consoante o modelo de gestão da organização.

O Programa Recarga ajuda a que estes objetivos sejam mais fáceis e atingíveis! Através de um plano recarga de 3 ou 7 dias com as componentes mais avançadas do mercado a nível físico, espiritual e nutricional.

O programa, direcionado para as empresas, permite colmatar o cansaço físico e mental, bem como a nutrir o nosso corpo e a nossa mente!

Algumas das atividades poderão ser similares às apresentadas no nosso website e redes sociais, porém algumas dinâmicas de grupo focadas para o desenvolvimento de uma equipa forte e coesa serão colocadas em ação.

As pessoas são a base das organizações!

Podemos mudar de empresa.. de país.. de posto.. podemos ser empregados.. engenheiros.. médicos.. utentes.. clientes.. consumidores.. podemos ser o que quisermos!

Mas nunca! Nunca vamos deixar de ser importantes, porque somos nós.. nós enquanto pessoas que fazemos as organizações andar e somos todos importantes!

No fim do dia, quando analisamos a interligação entre o que nos rodeia percebemos que estamos todos ligados!

Vejamos um exemplo simples de uma marca de roupa.. existe toda uma cadeia de valor! Temos o produtor de algodão.. temos o descaroçar onde separamos o algodão puro da semente menos pura.. depois vem a fiação.. a tecelagem.. o tingimento.. a concepção.. a modelagem.. o corte.. a costura.. o acabamento e a embalagem.. a revisão.. a limpeza.. a passagem a ferro das peças.. a dobragem.. a etiquetagem.. a embalagem.. o transporte.. a venda.. e no meio disto tudo, esquecemos a publicidade, a preparação de eventos ou todos os responsáveis da contabilidade! Viram? Somos imensos!

Estamos todos interligados, fazemos todos parte da criação de valor!


Conversar sobre esgotamento profissional?

Sim, temos de conversar, mas também temos de trabalhar para que isto não se chegue a atingir.


O potencial humano é um dos seus principais recursos e não deve ser deixado para trás!

O que me diz? Vamos fazer reset e por-lhe uma pilha?







Fontes:

https://www.deco.proteste.pt/saude/doencas/noticias/burnout-um-terco-dos-portugueses-em-risco#

https://observador.pt/programas/resposta-pronta/burnout-recursos-humanos-a-menos-e-trabalho-a-mais/

https://www.sns.gov.pt/noticias/2019/05/28/stress-profissional/

https://saude.gov.br/saude-de-a-z/saude-mental/sindrome-de-burnout


28 visualizações

Rua do Lagar 855 Cernache do Bonjardim 6100-307

info@quintadocondestavel.com

Tlf: (00 351) 274 802 099 

  • Instagram
  • Facebook

Todos os direitos reservados.

© 2020 Quinta do Condestável,

LIVRO DE RECLAMAÇÕES ONLINE AQUI